Julio Iglesias Paroles

Julio Iglesias A Gota Fria Letras

Quando o Chico Sanfoneiro se anima

Todo mundo cai na dança no forró que não termina

Vai até de manhãzinha

[ E o Zeca morre de raiva ]

Vai até de manhãzinha

[ E o Zeca morre de raiva ]

É que a Rosa, tão dengosa

No salão quer se acabar

É que a Rosa, tão dengosa

No salão quer se acabar

E o Chico, cheio de prosa

[ Não faz a fama de a mil cantar ]

E o Chico, cheio de prosa

[ Não faz a fama de a mil cantar ]

Eu gosto dela, ela é meu amor

[ Mas ela não me dá bola ]

Eu gosto dela, ela é meu amor

[ Mas ela não me dá bola ]

Diz o cego, quase chorando

[ Tocando sua viola ]

E repete, quase chorando

[ Tocando a sua viola ]

Que cultura, que cultura pode ter?

Um cabra da peste como Zeca da Viola

Que cultura pode ter?

[ Se o cabra não foi à escola ]

Que cultura pode ter?

[ Se o cabra não foi à escola ]

Seu canto, no entanto, é forte

Seu repente é pra valer

Seu canto, no entanto, é forte

Seu repente é pra valer

Pra que Rosa lhe entenda

[ A viola vai lhe dizer ]

Para que Rosa lhe entenda

[ A viola vai lhe dizer ]

Eu gosto dela, ela é meu amor

[ Mas ela não me dá bola ]

Eu gosto dela, ela é meu amor

[ Mas ela não me dá bola ]

Diz o cego, quase chorando

[ Tocando sua viola ]

E repete, quase chorando

[ Tocando a sua viola ]

E o Chico não podia acreditar

Que o Zeca da Viola com seu canto era tão bom

Mas quando lhe ouviu cantar

[ Cai-lhe uma gota fria ]

Mas quando lhe ouviu cantar

[ Cai-lhe uma gota fria ]

E triste ele compreendia

[ Que a Rosa mudou de cor ]

E triste ele compreendia

[ Que a Rosa mudou de cor ]

Ohhhhhh, Chico

Chico eu gosto dela

Eu gosto, gosto dela.